Skip to content

It Up!

>

Hoje é meu aniversário. A partir de agora sou uma Balzaquiana (como diz meu marido ‘uma trintona’ kk), apesar de sinceramente, não me sentir uma – não estou passando por uma crise no casamento, não tenho filhos, mas me sinto mais segura, não tanto quanto aos seis (rs). Sim, sou ainda uma menina dentro de uma mulher e acho que vai ser assim enquanto eu viver. Triste daquele que deixar a criança dentro de si morrer.

Aos seis anos festejadíssimos, me senti adulta e dona do meu nariz, estabeleci uma regra: pra mim, as mudanças de ciclo seriam depois dos números múltiplos de cinco (aloka kk), portanto os 6, 11, 16, 21, 26… seriam os anos das grandes mudanças na minha vida (lol) e até faz um pouco de sentido isso.
Recapitulando:
Aos 6, fugi de casa pela primeira vez. Na verdade já tinha fugido outras, mas foi aos seis que fugi de mala e cuia (kk);
Aos 11, me apaixonei pela primeira vez (pelo professor de Matemática), mas a paixão acabou quando recebi o resultado final: reprovada SÓ em Matemática;
Aos 16, virei punk, mas continuei fã de Backstreet Boys;
Aos 21, pensei que poderia salvar o mundo;
Aos 26, descobri que só podia salvar a mim mesma (e salvei quando, aos 26, encontrei meu Rick).
Sendo assim, ainda não mudei de ciclo, portanto nada de TÃO importante vai acontecer hoje, no máximo uma indigestão, porque dia de aniversário é dia de muita comilança e porque meu aniversário foi cair logo num domingo que é o dia em que me permito comer tudo que gosto (uhuuu!).
Bem, quando chegar aos 31, digo a vocês (se ainda tiver o blog) que grande mudança aconteceu (acontecerá).
Eu ia fazer uma wish list, mas o que eu quero mesmo é ter muita saúde e uma vida longa (confio na ciência e ela vai descobrir o segredo da imortalidade, antes de eu morrer, claro kk) porque amo muito as pessoas que estão ao redor e não quero perdê-las tão cedo.
Anúncios

%d blogueiros gostam disto: