Skip to content

It Up!

>

Diferentemente de muitos estilistas que criam suas coleções inspiradas em tendências, seguindo e “imitando” o estilo de fora, Riccardo San Martini usa a moda para transmitir sua filosofia. Em bate-papo, o estilista fala sobre seus trabalhos, seus novos projetos e a sua coleção de 2010 que será lançada no próximo NFW, em setembro.

Uma de suas coleções, a qual me deixou curiosa para saber de onde surgiu a idéia, foi “Tudo que Você Não Viu” de 2007. Amei!
Foi inspirada num OLHO que via tudo e todos sem ver a ele mesmo e numa mulher que só via a si própria e mais nada. Tive este sonho e pensei em uni-los num casal. Aí veio a coleção, um filme e uma obra de arte contemporânea.

Fale-me sobre a nova coleção de 2010.
Se chama EU SOU! e fala do conceito “ser”. EU SOU é uma frase mágica que pode criar uma constelação, segundo a Física Quântica. É dito que quando se tem a consciência de ser, você se torna.

Sua moda é totalmente conceitual?
Minha moda é noventa por cento conceito e dez por cento elegância. Uso a moda para transmitir minha filosofia da mesma forma o cinema e as obras objetos. Trabalho um conceito por ano.

Suas criações são só para passarela?
Passarela, campanhas em revistas, filmes, palcos de teatro, corpo de clientes particulares e lojas em Milano, Los Angeles, Paris, Curitiba, Assu e agora em Natal.

Cite alguns desses meios em que teve suas criações.
Em passarelas: sete edições da Dragão Fashion no Ceará, três edições da FENIT em São Paulo, quatro edições do SIM (Salão Internacional de Moda) em São Paulo, Bagdá, Tóquio, Paris, Nova York, México…, Salão Pret A Portet em Paris e alguns outros.
Em revistas: Vogue, Elle, Uma, Mag, Contigo, Quem, Caras…
Teatro: sou diretor de arte da Cia Elas.
Música: Cláudia Leite, Lane Cardoso, Hikelia Karen, Jennifer Lopez e muitas outras.
Cinema: Tatoo (Alemão), Viva o Cinema Brasileiro, Mama G, Exodus, Objeto a Mão e, agora, no novo Velozes e Furiosos 5.

Assim como a arte em geral, a moda pode se tornar mais popular? Não podemos negar que ela está direcionada a uma pequena classe social.
Eu acho que a moda já é uma realidade popular.Claro que a alta costura está distante disso, apesar da internet proporcionar muitas informações.

Você já pensou em fazer alguma parceria com uma rede de lojas popular, como o Alexandre Herchcovitch já fez? Assim tornaria suas peças mais acessíveis.
Estou há mais de um ano tentando uma parceria deste tipo. Só tive problemas com antigos agentes, o que atrasou este projeto. Sou pai de família, administro duas empresas (incluindo o Instituto Cida) e gosto de trabalhar com tranquilidade. Estou à espera de um novo agente que possa me representar com seriedade para poder tomar frente de uma grande parceria com a moda popular. Isso só leva um tempinho. Tudo que projetei se realizou e este é o novo projeto!

Quando será lançada a coleção “EU SOU!”?
Em setembro no Natal Fashion Week e será vendida no Mercado Italiano (Petrópolis).

Para Riccardo San Martini, o que é moda?
Ter a consciência de SER! EU SOU!

O que você ouve?
Música clássica e erudita.

Um artista…
Yma Sumac.

Uma cor…
Azul.

Seu trabalho é mais inspiração ou transpiração?
Inspiração! Contrato transpiradores (rs). Sou um criador!

Um ícone fashion atual…
Alexander McQueen.

E um antigo…
Luís XVI de Bourbon e Maria Antonieta.



Bom, meninas e meninos, é isto! Espero que tenham gostado da entrevista porque eu adorei! O Riccardo San Martini, além de talentosíssimo, é muito simpático!
Agora é só esperar o NFW pra ver a nova coleção.






Anúncios

%d blogueiros gostam disto: